Qualidade da embalagem na esterilização hospitalar

CME
Tempo de leitura: 2 minutos

Confirmada a limpeza e a integridade, os produtos precisam ser embalados para garantir a manutenção da esterilidade até o usuário final.
A embalagem deve permitir uma abertura fácil sob condições assépticas. O sistema de barreira estéril é uma barreira microbiótica que impede a recontaminação microbiana em condições definidas.

Como funciona o sistema de barreira estéril:

As principais funções primárias do sistema de barreira estéril (embalagens) são: permitir a esterilização do conteúdo, até que sejam utilizados e permitir a apresentação asséptica do material, protegendo-o de possíveis contaminações.

 

Algumas das características que uma embalagem deve possuir são:

• Permitir a penetração do agente esterilizante e o contato direto com os itens e as superfícies a serem esterilizados e, ainda, a remoção posterior do agente esterilizante;
• Ser livre de ingredientes tóxicos e corantes não fixos que manchem os materiais;
• A “memória” (permanência de dobras) da embalagem deve ser mínima;
• Acomodação segura dos itens;
• Resistir, ao máximo, aos danos que possam provocar rasgos, delaminações que coloquem em dúvida a esterilidade dos materiais;
• Possibilitar a vedação hermética adequada;
• Ser inviolável e capaz de selar uma única vez;
• Permitir a remoção completa do ar do interior da embalagem; e
• Desprender o mínimo de partículas sobre o material.

A embalagem tem influência considerável sobre o resultado da esterilização, portanto, o sistema de embalagem deve ser compatível com o sistema de esterilização. A embalagem não pode absorver o agente esterilizante acima do nível normal, nem sofrer qualquer tipo de alteração.
Para garantir a qualidade do processo de esterilização são necessárias medidas que evitem a recontaminação do artigo após o seu processamento, seja no armazenamento, transporte ou durante a manipulação da embalagem.

Por ser extremamente importante para o sucesso de todo processamento de instrumentais, as embalagens utilizadas nas Centrais de Materiais devem possuir altíssima qualidade. A H. Strattner possui uma ampla linha de embalagens para material cirúrgico, tanto grau cirúrgico quanto o Tyvek®, para atender as diferentes demandas na CME.

Todos os nossos produtos possuem conformidade com a norma NBR 14.990, cujas principais propriedades são:
• Gramatura do papel de 60g/m2 e 70g/m2;
• Filme laminado de Poliéster com Polipropileno e Polietileno;
• Livre de rasgos, dobras ou variações de espessura;
• Impressos com indicadores químicos e número de lote;
• Porosidade controlada;
• Livre de cargas minerais e branqueador óptico;
• Alta barreira microbiana;
• Eficiência de Barreira Bacteriana (BFE);
• Eficiência de Barreira Viral (VFE); e
• Eficiência de barreira microbiana pós esterilização (ISO 11607-1).

Conheça mais sobre nossas embalagens consultando nossos especialistas!

Referências bibliográficas:
Práticas Recomendadas SOBECC, 6ª edição – 2013;
Procedimento correto para o reprocessamento de instrumentos.

 

 

Aproveite para assistir a nossa playlist com conteúdos sobre Central de Material e Esterilização - CME:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts
relacionados

Utilizar caixas de esterilização de transdutores na CME pode ser uma excelente escolha para prolongar a vida útil dos equipamentos.

CME

24/07/2020


Caixas para esterilização de transdutores BK Medical
Tempo de leitura: 2 minutos

Utilizar caixas de esterilização de transdutores na CME pode ser uma excelente escolha para prolongar a vida útil dos equipamentos.

Leia mais
Conheça a linha de lavadoras automáticas de comadres, papagaios e afins da Matachana e seus principais benefícios.

CME

28/04/2020


Lavadoras de comadres e papagaios na pandemia
Tempo de leitura: 2 minutos

Conheça a linha de lavadoras automáticas de comadres, papagaios e afins da Matachana e seus principais benefícios.

Leia mais
Devido aos grandes avanços da medicina é importante dar mais atenção ao reprocessamento de materiais e instrumentos usados nos procedimentos.

CME

14/04/2020


Os avanços na CME através dos progressos da medicina
Tempo de leitura: 2 minutos

Devido aos grandes avanços da medicina é importante dar mais atenção ao reprocessamento de materiais e instrumentos usados nos procedimentos.

Leia mais
Entenda qual o papel das embalagens para garantir o sucesso no reprocessamento de instrumentos e materiais cirúrgicos.

CME

12/02/2020


Garanta a eficácia do reprocessamento de instrumentais
Tempo de leitura: 2 minutos

Entenda qual o papel das embalagens para garantir o sucesso no reprocessamento de instrumentos e materiais cirúrgicos.

Leia mais
Conheça os tipos de sujidade e quais são as indicações de detergente ideais para aumentar a eficiência da limpeza de instrumentais na CME.

CME

07/11/2019


Como escolher qual detergente usar na CME?
Tempo de leitura: 2 minutos

Conheça os tipos de sujidade e quais são as indicações de detergente ideais para aumentar a eficiência da limpeza de instrumentais na CME.

Leia mais
Conheça a MAT LD1000, a termodesinfectadora que compõe a nova geração de lavadoras equipamentos de limpeza e desinfecção da Matachana.

CME

10/09/2019


Produtividade, eficiência e economia na CME
Tempo de leitura: 2 minutos

Conheça a MAT LD1000, a termodesinfectadora que compõe a nova geração de lavadoras equipamentos de limpeza e desinfecção da Matachana.

Leia mais
Em um procedimento cirúrgico, a qualidade e precisão das lâminas cirúrgicas interferem diretamente no sucesso do procedimento, entenda!

CME

13/09/2018


Como a enfermagem pode auxiliar na excelência de procedimentos cirúrgicos?
Tempo de leitura: 2 minutos

Em um procedimento cirúrgico, a qualidade e precisão das lâminas cirúrgicas interferem diretamente no sucesso do procedimento, entenda!

Leia mais
A esterilização por baixa temperatura que utiliza o formaldeído combina velocidade e eficiência ideal para materiais sensíveis ao calor.

CME

30/11/2017


Esterilização por vapor a baixa temperatura e formaldeído
Tempo de leitura: 2 minutos

A esterilização por baixa temperatura que utiliza o formaldeído combina velocidade e eficiência ideal para materiais sensíveis ao calor.

Leia mais
Os instrumentais utilizados durante procedimentos cirúrgicos precisam de cuidados para garantir sua eficiência e  aumentar sua vida útil.

CME

06/09/2017


Quais são as funções primárias do sistema de barreira estéril?
Tempo de leitura: 2 minutos

Os instrumentais utilizados durante procedimentos cirúrgicos precisam de cuidados para garantir sua eficiência e  aumentar sua vida útil.

Leia mais
Entenda como as lavadoras ultrassônicas podem otimizar o reprocessamento de instrumentos cirúrgicos na rotina de CME.

CME

13/07/2017


Dificuldade de reprocessamento de materiais cirúrgicos complexos
Tempo de leitura: 2 minutos

Entenda como as lavadoras ultrassônicas podem otimizar o reprocessamento de instrumentos cirúrgicos na rotina de CME.

Leia mais
Entenda o que é a esterilização, como funciona a esterilização a vapor e quais são seus principais benefícios na CME.

CME

13/07/2017


Esterilização a Vapor: Segurança e produtividade na CME
Tempo de leitura: 2 minutos

Entenda o que é a esterilização, como funciona a esterilização a vapor e quais são seus principais benefícios na CME.

Leia mais
Entenda como funciona a esterilização a baixa tempera por peróxido de hidrogênio vaporizado e plasma. Conheça suas vantagens!

25/06/2017


Esterilização a baixa temperatura por peróxido de hidrogênio vaporizado e plasma
Tempo de leitura: 2 minutos

Entenda como funciona a esterilização a baixa tempera por peróxido de hidrogênio vaporizado e plasma. Conheça suas vantagens!

Leia mais
Os biofilmes bacterianos podem oferecer grande risco no processamento de instrumentos cirúrgicos. Veja como evitar!

CME

16/06/2017


O que são biofilmes e seu desafio no reprocessamento seguro
Tempo de leitura: 2 minutos

Os biofilmes bacterianos podem oferecer grande risco no processamento de instrumentos cirúrgicos. Veja como evitar!

Leia mais
Investir em equipamentos eficientes pode garantir mais produtividade durante o reprocessamento de materiais médicos.

CME

14/06/2017


Como economizar tempo, espaço e aumentar a produtividade na CME
Tempo de leitura: 2 minutos

Investir em equipamentos eficientes pode garantir mais produtividade durante o reprocessamento de materiais médicos.

Leia mais