A evolução da indústria da saúde - Hospitais 4.0

Cirurgia Geral, Gestão Hospitalar, Salas Cirúrgicas, Videocirurgia

Conheça a evolução da indústria da saúde:

A 4ª Revolução Industrial já é um dos temas mais discutidos recentemente e está intimamente ligada com a automatização através de sistemas ciberfísicos, que foram possíveis graças à internet das coisas, big data e à computação na nuvem. Tais eventos combinam máquinas com processos digitais, sendo capazes de tomar decisões e de cooperar com humanos [1].

O termo surgiu na Alemanha, na edição de 2011 da Feira de Hannover, e propõe transpor os limites entre o mundo digital, o físico e o biológico. Segundo Schwab, diretor executivo do Fórum Econômico Mundial, “a quarta revolução industrial é definida pela transição em direção a novos sistemas que foram construídos sobre a infraestrutura da revolução digital” (3ª Revolução Industrial) [2].

A tendência é que a transição para novos sistemas, que se interligam e comunicam-se, trazendo maiores benefícios para a indústria, comércio e humanidade, ocorra em todos os setores, inclusive na saúde, impactando no desenvolvimento de novos tratamentos, no monitoramento do paciente e na gestão dos recursos das unidades de saúde.

Nos hospitais inteligentes, a junção entre serviços e produtos, somados ao uso do Big Data, IoT e Cloud Computing, contribui para a otimização na tomada de decisões com diagnósticos mais precisos, além da análise desses dados para processos mais eficientes e menores custos [2] [3], ou seja, sistemas embarcados visando a conectividade e a interoperabilidade demonstram a união definitiva entre saúde e tecnologia.

 

 

Segundo Paulo Henrique Fraccaro, superintendente da ABIMO, Odontológicos, Hospitalares e de Laboratórios - “A consolidação de informações será parte integrante do sucesso nos investimentos de qualquer hospital, clínica etc.” [2].

Com conhecimento maior sobre o alcance dessa tecnologia, as empresas que possuem portfólios que oferecem essas tecnologias e soluções no mercado, possuem um grande mercado e altas possibilidades de crescimento em um futuro próximo, pois estão preparadas para desenvolver e entregar projetos nos diversos ambientes de saúde.


BIBLIOGRAFIA
[1] BBC
[2]Hospitalar
[3] Linkedin - Pulse

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts
relacionados

O posicionamento dos monitores durante procedimentos cirúrgicos pode causar problemas ergonômicos nos profissionais de saúde. Entenda!

Cirurgia Geral

20/03/2018

Posicionamento dos monitores no centro cirúrgico

O posicionamento dos monitores durante procedimentos cirúrgicos pode causar problemas ergonômicos nos profissionais de saúde. Entenda!

Leia mais
As imagens e vídeos de um procedimento cirúrgico são documentos importantes que precisam de cuidado no seu armazenamento.

Cirurgia Geral

05/10/2017

Quais são vantagens da documentação na videocirurgia?

As imagens e vídeos de um procedimento cirúrgico são documentos importantes que precisam de cuidado no seu armazenamento.

Leia mais
A fumaça cirúrgica pode oferecer vários riscos a médicos, pacientes e enfermeiros, contudo é possível evitar esse cenário no centro cirúrgico.

Cirurgia Geral

02/10/2017

Quais são os riscos da fumaça no centro cirúrgico?

A fumaça cirúrgica pode oferecer vários riscos a médicos, pacientes e enfermeiros, contudo é possível evitar esse cenário no centro cirúrgico.

Leia mais
Conheça o estudo sobre o impacto de um centro cirúrgico integrado em conjunto como otimizar o fluxo de trabalho nas salas cirúrgicas.

Salas Cirúrgicas

03/05/2017

A eficiência de salas cirúrgicas integradas

Conheça o estudo sobre o impacto de um centro cirúrgico integrado em conjunto como otimizar o fluxo de trabalho nas salas cirúrgicas.

Leia mais
×