Estenose Hipertrófica Congênita de Piloro - Laparoscopia infantil

Cirurgia Geral, Gastroenterologia

A estenose hipertrófica congênita de piloro (EHCP) é a causa mais comum de obstrução gastrointestinal em crianças, caracterizada pelo aumento (hipertrofia) progressivo da musculatura pilórica, causando estreitamento desta região final do estômago e dificultando a progressão do alimento. As crianças acometidas apresentam vômitos frequentes, alterações de peso corporal, desidratação, anemia, letargia, entre outros sinais e sintomas.

Figura 1. Representação de estenose hipertrófica de piloro. Fonte: Gastroenterologo en Merida. Acesso em 31/08/2017

O diagnóstico usualmente é realizado por meio de uma história clínica detalhada e exame físico, além de exames de imagem como raio-X e ultrassom. A piloromiotomia é o procedimento cirúrgico preconizado como tratamento para a EHCP, podendo ser realizada por via abdominal ou por via laparoscópica.



Figura 2. Técnica de piloromiotomia. Fonte: Slideshare. Acesso em 31/08/2017

 

Definitivamente consagrada na cirurgia geral, a videocirurgia é atualmente utilizada em diversos procedimentos em diferentes especialidades. As clássicas vantagens da mesma em pacientes adultos são também percebidas no paciente pediátrico, entre estas a menor agressão à parede abdominal, menor dor pós-operatória, melhor resultado estético e menor índice de complicações pós-operatórias. O surgimento de instrumental de 3mm de diâmetro e 20/30cm de comprimento tornou a cirurgia laparoscópica viável até mesmo em pacientes menores, fazendo com que a videocirurgia torne-se mais expressiva na especialidade.

A KARL STORZ possui instrumental específico para a piloromiotomia laparoscópica. O pilorótomo de ALAIN-GROUSSEAU permite a realização da incisão longitudinal do piloro, abordando a região de forma superficial, com abertura da camada seromuscular preservando a mucosa. A separação (divulsão) das fibras musculares seccionadas no sentido transversal pode ser realizada com o auxílio da espátula para piloromiotomia.

 

Figura 3. Incisão longitudinal do piloto com pilorótomo de ALAIN-GROUSSEAU. Fonte: Google Plus. Acesso em 31/08/2017

 

 

Figura 4. Pilorótomo ALAIN-GROUSSEAU – KARL STORZ GmbH (Tuttlingen, Germany). Fonte: Karl Storz. Acesso em 31/08/2017

 

Figura 5. Espátula para piloromiotomia – KARL STORZ GmbH (Tuttlingen, Germany). Fonte: Karl Storz. Acesso em 31/08/2017

Os instrumentais para laparoscopia pediátrica fazem parte da linha de produtos para pediatria da KARL STORZ, comercializada com exclusividade no Brasil pela Strattner. Conheça estas e outras soluções para videocirurgia.

Fontes:
VELHOTE, M.C.P. et al. Videocirurgia na criança: estado da arte. Experiência com 1408 procedimento no Instituto da Criança “Pedro de Alcântara”. São Paulo: Ver. Col. Bras. Cir., 2012.
FIGUEIRÊDO, S.S. et al. Estenose Hipertrófica do Piloro: Caracterização Clínica, Radiológica e Ecográfica. Radiol. Bras., 2003.
RODRIGUES, F.H.R. et al. Estenose Hipertrófica do Piloro: Artigo de Revisão</strong>. Braz. J. of Surg. and Clin. Research, 2014.

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts
relacionados

Entenda as diferenças principais entre a técnica vídeolaringoscópica e a laringoscopia convencional.

Cirurgia Geral

13/01/2021

Laringoscópio convencional x Videolaringoscópio

Entenda as diferenças principais entre a técnica vídeolaringoscópica e a laringoscopia convencional.

Leia mais
Conheça a evolução dos insufladores utilizados em procedimentos laparoscópicos e saiba como esses equipamentos funcionam.

Cirurgia Geral

02/04/2019

A evolução dos insufladores na laparoscopia

Conheça a evolução dos insufladores utilizados em procedimentos laparoscópicos e saiba como esses equipamentos funcionam.

Leia mais
Conheça a evolução da videocirurgia KARL STORZ em imagens com tecnologia 3D. Saiba mais sobre a cirurgia minimamente invasiva.

Cirurgia Geral

14/09/2017

Videocirurgia com imagem em 3D - Conheça as vantagens

Conheça a evolução da videocirurgia KARL STORZ em imagens com tecnologia 3D. Saiba mais sobre a cirurgia minimamente invasiva.

Leia mais
Conheça o estudo sobre o impacto de um centro cirúrgico integrado em conjunto como otimizar o fluxo de trabalho nas salas cirúrgicas.

Salas Cirúrgicas

03/05/2017

A eficiência de salas cirúrgicas integradas

Conheça o estudo sobre o impacto de um centro cirúrgico integrado em conjunto como otimizar o fluxo de trabalho nas salas cirúrgicas.

Leia mais
×