Cirurgia Robótica para o tratamento da obesidade

Cirurgia Bariátrica, Cirurgia Robótica

Como funciona a cirurgia bariátrica robótica?


Seu peso pode estar dificultando que você aproveite o máximo que a vida pode dar, pois a obesidade pode ter um forte impacto físico e emocional. Quando sem tratamento, ela pode levar a doenças cardíacas, diabetes tipo II e outras doenças crônicas¹.


Existem diversas formas de perder peso como dieta, exercícios e medicamentos, mas caso elas não estejam funcionando para você, pode ser o momento de considerar outras opções como a cirurgia. Se você está considerando se submeter a uma cirurgia, saiba que mais de 1,3 milhões de pessoas realizaram cirurgia bariátrica de 2011 a 2012.

O que é cirurgia bariátrica?

Gastrectomia Sleeve e Bypass Gástrico (ou T-de-Roux) são duas das técnicas mais comuns de cirurgia bariátrica. De acordo com um estudo com 164.247 pacientes, um ano após a cirurgia pacientes que se submeteram a Gastrectomia Sleeve perderam em média 29,5% do seu peso total, enquanto os pacientes submetidos ao Bypass Gástrico perderam em média 34,2% de seu peso total³.

 

A Gastrectomia Sleeve reduz o tamanho do seu estômago em aproximadamente 80%, limitando a quantidade de alimentos que ele comporta. Você pode perder peso devido à pequena quantidade de comida que é possível ingerir⁴.

O Bypass Gástrico reduz o tamanho do seu estômago e redireciona seu intestino delgado para diminuir a quantidade de alimentos que seu corpo absorve. Assim, você pode perder peso tanto por comer menos quanto por absorver menos nutrientes⁴. Ambos os procedimentos podem provocar alterações de hormônios estomacais, reduzindo seu apetite e aumentando sua saciedade⁴.

Conheça como funciona um procedimento robótico:

O Console do Cirurgião é onde seu médico se senta durante o procedimento enquanto controla os instrumentos e tem uma visualização 3D magnificada da sua anatomia. Os instrumentos têm uma articulação e se movem da mesma forma que a mão humana, porém com mais amplitude de movimento.

O Carro do Paciente é posicionado próximo à mesa de operação onde está o paciente. É onde os instrumentos se movem em tempo real em resposta aos movimentos da mão do cirurgião, que está no Console.

O Carro de Visão faz a comunicação entre os outros dois componentes do sistema e dá suporte ao sistema de visão.

 

O que acontecerá durante a cirurgia robótica?

Uma revisão de estudos publicados sugere que potenciais benefícios após um bypass gástrico com a tecnologia da Vinci® são:

  • Pacientes podem ter complicações após a cirurgia em uma taxa similar, porém algumas vezes menor, do que pacientes submetidos a um procedimento laparoscópico. ⁴-¹³
  • Pacientes podem ter complicações durante a cirurgia em uma taxa similar a de pacientes submetidos a um procedimento laparoscópico. ⁴-⁶, ⁹, ¹¹, ¹²
  • Pacientes podem ficar internados pelo mesmo tempo ou menos do que pacientes submetidos a um procedimento laparoscópico. *,⁴, ⁵,⁷-¹³

 

Como se preparar para um procedimento de cirurgia robótica?

Cada caso é único e terá um direcionamento próprio. Para ajudá-lo a tomar uma decisão informada, você pode considerar fazer as seguintes perguntas para seu médico:

  • Que tipos de cirurgia bariátrica estão disponíveis e qual a melhor para mim?
  • Qual diferença entre cirurgia robótica e cirurgia laparoscópica?
  • Preciso começar uma dieta antes da cirurgia?
  • Meu seguro cobre minha cirurgia?
  • Como vou me sentir após a cirurgia?
  • Que mudanças devo fazer após a cirurgia?
  • Qual seu treinamento cirúrgico e experiência? Qual sua experiência com cirurgia robótica?
  • Quais os resultados dos seus pacientes?

Lembre-se que a cirurgia bariátrica não é o objetivo final – e sim o próximo passo da sua jornada. É importante que você busque uma mudança permanente com o acompanhamento adequado da sua equipe de saúde após a cirurgia.

 

Referências
1.WHO 
2. Estimate of Bariatric Surgery Numbers, 2011-2017. American Society of Metabolic and Bariatric Surgery. Web. 19 December 2018 ASMS 
3. Bariatric Surgery Procedures. American Society of Metabolic and Bariatric Surgery. Web. 8 February 2019. ASMS
4. Laparoscopic versus robotic assisted Roux-en-Y gastric bypass: a retrospective, single-center study of early perioperative outcomes at a community hospital. NCBI
5. Perioperative outcomes after totally robotic gastric bypass: a prospective nonrandomized controlled study. NCBI
6. Laparoscopic, hybrid, and totally robotic Roux-en-Y gastric bypass. NCBI
7. Robot-assisted versus laparoscopic gastric bypass: comparison of short term outcomes. NCBI
8. The Results of 100 Robotic Versus 100 Laparoscopic Gastric Bypass Procedures: a Single High Volume Centre Experience NCBI
9. Robotic gastric bypass may lead to fewer complications compared with laparoscopy. NCBI
10. A comparison of outcomes between the traditional laparoscopic and totally robotic Roux-en-Y gastric bypass procedures. NCBI
11. Roux-en-Y gastric bypass for super obese patients: what approach? NCBI 
12. Roux-en-Y gastric bypass: lessons and long-term follow-up learned from a large prospective monocentric study. NCBI
13. Reducing cost of surgery by avoiding complications: the model of robotic Roux-en-Y gastric bypass. NCBI
14. Intuitive internal data.

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts
relacionados

×