O que é a sialoendoscopia?

Médico Hospitalar, Paciente

A Sialoendoscopia é uma técnica minimamente invasiva, desenvolvida na Suíça, Israel e Alemanha, nos anos de 1990, para exame e tratamento de doenças benignas das glândulas salivares. Houve a necessidade fundamental de cooperação entre os cirurgiões e indústria permitindo o aparecimento destas tecnologia inovadoras, a exemplo da Cirurgia Robótica e Cirurgia Transoral de Laringe com Laser. No entanto, para esta região e com proposta muito especial da Sialoendoscopia, foram desenvolvidos endoscópios flexíveis com 1,1mm a 1,3mm de espessura para serem inseridos pelos ductos submandibulares e parotídeos. Estes instrumentos foram adaptados e miniaturizados para trabalharem através dos endoscópios com o máximo de precisão. (Figura 1, Figura 2) Assim, a técnica de Sialoendoscopia permite a retirada de cálculos com baskets, fragmentação de cálculos com laser, dilatação de estenoses com balão, biópsias de lesões quando necessários, irrigação de ductos para retirar rolhas proteicas e retirada de tecido de granulação. (Figura 3, Figura 4) A correta aplicação da Sialoendoscopia, podendo ser utilizada com intenção terapêutica ou diagnóstica, permite salvar a glândula acometida da obstrução, uma vez que a grande maioria ainda está funcionante, a ressecção completa da glândula e evitando-se a abertura para a retirada dos cálculos na maioria dos casos. O que é Sialodenite? A Sialodenite é um dos processos inflamatórios mais comuns na região da cabeça e pescoço, ocasionada por diversas doenças inflamatórias, autoimunes, infecciosas, neoplásicas, obstrutivas como os cálculos e algumas de causas pós-operatórias e actínicas. É caracterizada pelo aumento inflamatório da glândula salivar acompanhado de dor na maioria dos pacientes.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×