H. Strattner

Serviços

Assistência Técnica

Lavadora Ultrasônica

Lavadoras Ultrasônicas Sonic Irrigator Digital, PC +, SISA e SIAuto

As instruções a seguir não substituem o manual de instruções fornecido pela Medisafe (solicitar manual atecnica@strattner.com.br).

• Utilize somente alimentação com ATERRAMENTO. Evite o uso de tomadas múltiplas. Se for necessário o uso de um filtro de linha, ligue apenas uma lavadora nele.

• A qualidade da energia elétrica é muito importante, verifique se a energia fornecida ao equipamento esta de acordo com a requerida no manual de instruções. Caso seja necessário, recomendamos o uso de um estabilizador de tensão isolado, de potência compatível às especificações do equipamento utilizado. Envie seu equipamento pelo menos uma vez ao ano para revisão a um representante autorizado.

• Obedeça fielmente aos requisitos de pré-instalação da máquina, como por exemplo, a qualidade da água (dureza) e a temperatura de entrada da mesma. A não observância destes detalhes implicarão em problemas que acarretarão do cancelamento do ciclo ou atraso deste.

• Utilizar o filtro da cuba em todo o processo de funcionamento do equipamento, e principalmente no procedimento de expurgo. Após esvaziamento do tanque, verificar a integridade do filtro caso esteja saturado com sujidade, fazer a limpeza com água ou substituí-lo. A utilização do equipamento sem o filtro poderá causar entupimento e danos ao sistema de bombeamento pulsante.

• Verifique semanalmente a vazão da bomba CPE. Cada saída do bloco divisor deve encher um recipiente de 1 litro em 50 segundos. Valores abaixo de 1 litro devem ser investigados.

• A lavadora detecta o nível de água no tanque, através de um circuito de condutividade. A lavadora poderá acusar nível de água baixo caso a água utilizada esteja com níveis muito baixos de condutividade. Ex: água proveniente de Osmose Reversa.

• O sensor de condutividade (ou sensores) responsável pela indicação do nível de água fica localizado a esquerda do tanque ultrasônico. Mantenha-o limpo, utilizando um cotonete embebido em álcool (ver foto: Figura 1).

Lavadoras Ultrassônicas
Figura 1

• Caso a lavadora não seja automática (SI digital ou SI PC+), ao carrega-la com solução de limpeza (água + detergente), faça um ciclo sem carga (cesto e instrumentais) pelo período de 10 minutos para desgaseificação da solução. Nos modelos automáticos (SISA, SIAuto, etc), esta etapa está contida dentro da programação da máquina.

• Para as máquinas manuais (SI Digital, SI PC+) a solução utilizada deve ser substituída conforme protocolo definido pelo usuário, mas não deve ultrapassar o período de 4 horas. A atividade ultrasônica continua, eleva a temperatura da solução gerando aquecimento excessivo no equipamento.

• Detergente enzimático em excesso, pode causar dificuldades na formação da cavitação e a conseqüente redução na eficácia da limpeza.

• Ao desconectar todas as mangueiras das saídas do bloco divisor, a bomba CPE se desligará automaticamente. O não desligamento indica existência de vazamento no sistema ou dano no pressostato.

• Devido à umidade presente no gabinete da lavadora, o porta fusíveis utilizado pelo fabricante possui sistema anti infiltração. Por isso, somente utilize o porta fusíveis original fornecido pela H.Strattner & Cia Ltda. (ver foto: Figura 2).

Lavadoras Ultrassônicas
Figura 2

• A diluição do detergente deve ser observado corretamente para fins de otimização da etapa da lavagem. Para isso, deve-se tomar cuidado quanto a substituição do modelo/marca do detergente usado e suas instruções de diluição. Para as lavadoras automáticas (SISA, SIAuto), a cada momento de substituição de modelo/marca de enzimático que possua uma diluição diferente da até então utilizada, deve-se comunicar a Assistência técnica para uma nova programação do ciclo, afim de manter a qualidade da limpeza.

• Sempre verificar se não há líquido na mangueira de insuflação. A presença de líquido na mangueira pode causar danos nos transdutores de fluxo e pressão.

• Para insufladores com mais de 20 litros, utilizar acessórios compatíveis com o fluxo, do contrário, o benefício do alto fluxo não será aproveitado. Utilizar acessórios compatíveis significa usar mangueiras, trocarteres, válvulas e torneiras com diâmetros corretos. Ex: Haverá uma perda considerável se for utilizado um insuflador que fornece vazão de 30 litros/minuto com trocarteres de 10mm.

• Em hipótese alguma utilize fita teflon na rosca de conexão do mangote de alta pressão. Estas conexões são projetadas para vedar a passagem do CO2 em alta pressão sem nenhum aditivo mecânico. O uso de fita do tipo teflon produz um falso aperto, podendo assim, gerar um risco gravíssimo de acidente. Caso tenha algum vazamento, providenciar a troca do mangote e conexões do cilindro.

• Para cada procedimento, utilizar filtro hidrofóbico estéril na saída de CO2 para o paciente. O filtro é de uso único e sua utilização reduz o risco de contaminação do equipamento por refluxo (veja o exemplo: Figura 3).

• Sempre utilize o cilindro de CO2 na posição vertical.

• As revisões periódicas podem identificar antecipadamente uma possível avaria, aumentando a segurança e a durabilidade do aparelho. Independente do cronograma estipulado pela legislação ou pelo administrador da manutenção, a Karl Storz recomenda que pelo menos uma vez por ano o equipamento seja enviado para serviço técnico autorizado.

• Após término do procedimento, antes de desligar o equipamento, aconselha-se a fechar a válvula do cilindro de CO2 (caso este esteja conectado e pertencente ao rack) e deixar o equipamento insuflar todo gás interno retido no sistema. Isso prolongará o tempo de vida útil da válvula interna do equipamento responsável por regular a pressão.

Dicas de uso:

Fontes de Luz

 Fontes de Luz

Insufladores

 Insufladores

Lavadora ultrassonica

 Lavadora ultrassonica

Sistemas de motores

 Sistema de motores

Statim

 Statim